Os tipos de acidentes causados por falta de qualidade no reparo do automóvel e como evitá-los

Em caso de sinistro, o que a Seguradora cobre no veículo do terceiro?
14 de agosto de 2020
seguro: entenda a diferença entre sinistro parcial e total
Sinistro em seguro: entenda a diferença entre sinistro parcial e total
27 de agosto de 2020

Os tipos de acidentes causados por falta de qualidade no reparo do automóvel e como evitá-los

acidentes-causados-por-falta-de-qualidade-no-reparo-do-automóvel

Realizar serviços de manutenções, reparos, consertos, pode ser uma situação não tão simples e óbvia, quando trata-se de automóveis. Mesmo que esse serviço seja realizado por outras pessoas, os profissionais da área, ainda sim requer uma atenção e cautela por parte do motorista proprietário.

Essa preocupação surge por motivos bem fortes, diante do futuro funcionamento do veículo, pois, pós uma manutenção, o mesmo deve obter um resultado seguro, confiante, com peças corretas, método de conserto correto, e principalmente garantir qualidade no final, uma garantia. 

Mas, há uma insegurança por parte do proprietário no momento de obter a melhor oficina, os melhores profissionais, com os resultados eficientes mas, que também não gere uma dívida enorme. Para isso, é necessário obter conhecimentos básicos da área, conhecer os profissionais da sua região, e possuir referencias reais, principalmente quando trata-se do mesmo modelo de veículo.

Em alguns casos, pode ser uma tarefa complicada, mas, com auxílio da internet, é possível obter algumas informações que irão facilitar os motoristas (principalmente os de primeira viagem). 

Uma das preocupações que acompanham motoristas inseguros durante o reparo dos automóveis, são os péssimos resultados que podem surgir, ocasionando acidentes. Afinal, as peças devem conectar-se entre si, e realizar trabalho de forma conjunta, impulsionando um funcionamento correto do veículo. Em um simples descuido, ou mesmo que desonestidade por parte dos “profissionais” com uma ação irregular, pode ocasionar um acidente. 

Dados estatísticos sobre acidentes no Brasil 

No Brasil, os acidentes possuem números gritantes, que todo ano causam milhares de mortes, traumas e sequelas irreversíveis, prejuízos financeiros, gastos hospitalares, manutenção de veículos, estradas e pistas, e insegurança de cada novo (ou não) motorista.

Segundo dados estatísticos de uma pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil está no 5° lugar no mundo, de países que mais causam acidentes de trânsito, gerando anualmente 47 mil mortes, e um prejuízo financeiro de R$ 96,5 bilhões segundo uma pesquisa feita pelo Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES). 

Dentre as causas desses acidentes, se destacam a imprudência dos motoristas, que não respeitam as leis de trânsito, seja pelo consumo indevido de álcool quando estão no volante, violação de sinais, ou uso de celular, e também, uma causa que pouco possui destaque, defeitos presentes no veículo, que provocam o má funcionamento e ocasionam acidentes.

Mas, é importante listar e entender as principais causas de acidentes e colisões, para posteriormente, entender como evitar e melhorar a segurança geral no trânsito. 

Os tipos de acidentes causados pela falta de qualidade no reparo do automóvel 

Neste artigo, as informações sobre os principais erros em manutenções e reparos, que envolvem o uso irregular de peças ou má fé dos mecânicos responsáveis, e que posteriormente ocasionam acidentes graves e até mesmo morte dos motoristas e envolvidos, serão esclarecidas e irão ajudar a propagar a ideia de possuir cautela e atenção, no momento de realizar serviços mecânicos e afins no automóvel. 

Freios com erro no funcionamento

Uma das principais peças e com grande importância, são os freios. A sua função em um veículo é impulsionar uma parada, que a partir do uso de pastilhas, sustentadas dentro de uma pinça hidráulica, recebem uma pressão impulsionadas pelos pedais, a fim de parar o veículo.

Um erro comum, é não verificar o nível do óleo dos freios, ou mesmo que verifique, o mesmo deve ser completado em uma oficina mecânica. O erro no reparo desse item pode causar graves acidentes, desde colisões até capotagem, visto que o motorista não terá o controle de parada; 

Peças falsas

Um dos graves problemas que um mecânico pode ocasionar a um veículo, é realizar a troca ou reparo de uma peça, incluindo no veículo uma versão falsificada da mesma. Muitos modelos de automóveis necessitam de peças específicas para que o funcionamento como um todo seja eficaz. Por um simples erro, ou mesmo que opção por economia por parte do cliente, e peça pode ocasionar um acidente, interrompendo o funcionamento correto do veículo.

Investir em peças de qualidade pode ser não apenas “um gasto” mas um investimento de segurança, impedindo colisões, paradas forçadas, batidas, e até mesmo capotamentos; 

Pneu careca, ou irregular

Para um funcionamento eficaz, é viável que os mecânicos responsáveis estejam cientes sobre a necessidade de troca ou manutenção de pneus carecas e com bolhas.

Quando o mesmo não realiza o reparos necessários nos pneus (ou mesmo que a troca), os pneus podem impulsionar um estouro (que em uma velocidade acima de 40km/h, ocasionam acidentes e principalmente capotagens), e também correm risco de gerar aquaplanagem (quando os pneus estão em contato com algo fluído e perdem o contato com o asfalto). A atenção aos pneus deve ser sempre solicitada pelos consumidores para com os mecânicos; 

Amortecedores

A troca ou manutenção irregular, ou mesmo que a ausência de verificação do funcionamento a cada 10 mil km de um amortecedor, pode incorporar no veículo uma instabilidade, devido à ausência de precisão na sustentação.

Essa irregularidade pode gerar acidentes ocasionados pela: perda de estabilidade em curvas, vibração e ruídos na suspensão, desgaste prematuro dos pneus, entre outros menos comuns; 

Falhas mecânicas nos faróis

Os faróis são considerados os responsáveis para realizar uma comunicação de direção (não verbal) entre os motoristas, com a sinalização realizada pelo mesmo, é determinado as curvas que serão feitas e impedem que haja uma colisão. 

Quando seu reparo, ou mesmo que a peça, não está em seu funcionamento correto, há essa ausência de comunicação entre os motoristas, ocasionando acidentes e batidas. 

Como evitar acidentes causados pela falta de qualidade no reparo do automóvel? 

A maioria dos acidentes, possuem causas que envolvem irregularidades dos motoristas, ou mesmo que a péssima performance de alguma peça responsável pelo funcionamento como um todo do veículo. Essas categorias de acidentes podem ser evitadas por parte dos envolvidos.

Primeiramente, quando trata-se de um reparo que irá ser realizado no veículo, é importante conhecer o histórico da oficina mecânica que estará realizando o serviço, e principalmente a competência e resultados dos profissionais e funcionários responsáveis, para isso, obtenha referencias, conheça os principais serviços já realizados antes de pagar e finalizar um serviço. 

Para conhecer uma oficina de confiança, faça uma pesquisa sobre as principais oficinas da sua região. Lembre-se que a mesma deve obter uma boa apresentação (digital e física), estar com sua documentação e legalidades corretas, os funcionários equipados e preparados, sendo viável acompanhar todo o trabalho e os serviços que serão realizados no veículo, e principalmente, garantias e notas fiscais, pois, é um documento que “obriga” serviços corretos, peças regulares e originais.

Quando trata-se de segurança e confiança, não há como não dedicar-se no reparo do seu veículo, é sua segurança e bem estar que estão envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *