O perigo de utilizar peças paralelas em seu automóvel

Cuidado consumidor: você tem o direito de exigir nota fiscal!
28 de agosto de 2019
Reparo do veículo do terceiro: deve se utilizar peças originais?
20 de novembro de 2019

O perigo de utilizar peças paralelas em seu automóvel

Quando se vai fazer uma manutenção ou, pior, um acidente ocorre e um reparo deve ser feito, é comum se preocupar com o bolso. Mesmo com melhores condições de pagamento ainda é muito caro recolocar peças novas e originais. Mas é nessa escolha por peças duvidáveis que você pode estar se colocando e colocando sua família em risco.

As peças paralelas são peças produzidas por empresas diferentes das originais. Algumas possuem mesma qualidade e funcionam normalmente, entretanto nem sempre se pode garantir isso. O pior é que o consumidor as vezes nem mesmo sabe quem é o fabricante da peça que foi colocado em seu carro.

1. A peça não se encaixar corretamente

Algumas peças, por não terem o mesmo estudo e montagem que as originais pode não encaixar tão bem. Existem peças que podem ser utilizadas em várias marcas e tipos de carro, mas por serem diferentes é óbvio que cada um teria uma particularidade. No inicio pode ser não faça muita diferença, mas dependendo da estrutura pode gerar um grave acidente.

2. Peças remanufaturadas

Peças remanufaturadas são aquelas que passam por uma logistíca de remontagem e conserto de partes para reutilização. Isso pode ser positivo para o meio ambiente, mas não para o seu carro. Quando ocorrem tais processos, algumas estruturas passam por um remodelamento, podendo tornar frágil. Além disso é muito comum essas peças não passarem pelos testes adequados.

Não só você pode estar tendo que repor essa peça em um futuro próximo como danificar alguma parte da estrutura do seu carro.

3. Aumento dos custos finais

No fim a economia não valerá muito, afinal você correrá o risco da peça quebrar e não terá garantia alguma. A maioria das peças paralelas, apesar de muito indicadas em algumas oficinas não só podem se desgastar rapidamente como se quebrarem. O ponto é que a falta de garantia se estende também ao seu carro.

Ele pode sofrer desgastes e a manutenção não vai custar só a peça que era o problema original como outras partes. Então em um curto espaço de tempo você poderá ter que gastar o dobro por ter economizado 30%.

Saiba que você tem o poder de escolha e desconfie de oficinas que tentam te empurrar uma peça paralela. Muitos são revendedores das peças ou tem algum acordo, se verificar alguém colocando uma peça não autorizada no seu carro, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *