Seguro de carros para recém habilitado: tudo o que você precisa saber

O que é o Seguro Compreensivo e para que serve?
18 de setembro de 2020
Como-acionar-o-seguro-em-caso-de-perda-total
Como acionar o seguro em caso de perda total
1 de outubro de 2020

Seguro de carros para recém habilitado: tudo o que você precisa saber

Seguro-de-carros-para-recém-habilitado

O desejo, a necessidade, e para algumas pessoas, sonho, de possuir um  automóvel próprio, desfrutar dos seus benefícios, possibilidades de liberdade,  autonomia, controle da própria vontade de ir e vir, são sensações únicas, que  muitos jovens possuem a ambição de usufruir logo que completa seus dezoito 

anos. É inevitável que na atualidade, e claro, pensando a longo prazo, é de  extrema importância, tanto para locomoção, como para segurança, praticidade,  economia de tempo, e em alguns casos, de gastos. 

Os dezoito anos possibilitam para todos os jovens a opção de realizar os  “estudos” e ensinamentos práticos referentes ao volante, regras de trânsito,  automóveis, entre outros, para então, obter a sua Carteira Nacional de  Habilitação, conhecida também como CNH ou carteira de motorista.

São  realizadas aulas teóricas e práticas, posteriormente um exame para analisar a  possibilidade de aprovação, sendo concluída com uma carteira provisória com  duração de um período de um ano, até o recebimento da carteira definitiva. 

Nesse período, considerado um período de avaliação para a conclusão  se o motorista está realmente apto, responsável e consciente de todos os  ensinamentos e regras de trânsito que foram estabelecidos na auto escola. 

Algumas regras são determinadas unicamente para esse “teste” de um ano, no  qual o recém habilitado é obrigado a passar. E principalmente por esses motivos,  há uma “insegurança” em relação a CNH provisória, muitos motoristas possuem  dúvidas em relação a contratação de seguros para seus veículos (ou terceiros). 

Primeiramente, os serviços de seguradora podem ser contratados para  recém habilitados? 

Quando trata-se da questão referente a dúvida se motoristas recém  habilitados estão possibilitados de realizar a contratação dos serviços de  seguradoras, ou mesmo estarem incluídos nos beneficiários da apólice de um  familiar ou conhecido.

Nestes casos, a resposta é que, qualquer indivíduo acima  de 18 anos, pode realizar a contratação de um serviço referente a proteção  patrimonial do veículo, basta estar disposto a “investir financeiramente” ou seja, 

pagar pelos serviços, e obviamente, obter uma carteira de motorista  (mesmo que provisória).  

As regras para que os serviços sejam realizados pela seguradora, são  consideradas padrões em todas as empresas, podendo variar, mas, em sua  maioria, são estabelecidas as regras referentes a:  

  • Para que a emergência, ou o acontecimento seja atendido pela empresa,  o sinistro/acidente deve ter sido causado de maneira involuntária, visando  sempre que o motorista respeite as leis de trânsito. Acidentes causados  de maneira consciente não são considerados aptos para o reembolso e  atendimento das empresas de seguro. Independente se for um motorista  recém habilitado ou não; 
  • Possuir uma CNH, mesmo que provisória, presente no momento da  ocorrência; 
  • Somente motoristas e beneficiários que estão incluídos na apólice. 

A importância de realizar a contratação de um serviço de seguro auto para  jovens 

As inúmeras vantagens, e principalmente, a importância de realizar a  contratação de um serviço de seguradoras é relevante para qualquer faixa etária,  gênero, classe social, modelo de veículo, localidade, entre outros.

Mas, existem  dados estatísticos que apontam motoristas e situações mais “propicias” a  necessitarem do atendimento de uma seguradora. São considerados riscos mais  presentes, informações que são obtidas através de dados estatísticos reais,  referente a motoristas e acidentes ocorridos em um determinado período. 

Em uma pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS),  a segunda causa principal de mortes entre pessoas de dezoito a vinte e cinco  anos no Brasil, são ocasionadas por acidentes de trânsito (ainda levando em  consideração que no geral, o Brasil ocupou o quinto lugar em países que mais  possuem números de acidentes).  

Para uma aproximação melhor dos fatos, segundo o Denatran, jovens na  faixa de dezoito a vinte e cinco anos possuem 4x mais chances de estarem  envolvidos em acidentes e colisões no trânsito. Essas informações são obtidas 

através de fatos documentados, ocorrem devido a fatos que vão além da idade,  mas sim da inexperiência (devido ao fato de serem recém habilitados),  insegurança de primeiras viagens, desejo incontrolável de usufruir da liberdade,  de realizar novas experiências, e obviamente, a irresponsabilidade ocasionada  pela imaturidade.  

Essas informações são primordiais para influenciar na importância de  contratar um serviço de uma seguradora. Apesar de ser um estereótipo, jovens  estão presentes em dados assustadores, que, mesmo que em particular o jovem  seja responsável e cauteloso, a responsabilidade do outro não é garantida.

Se  há essa possibilidade, é extremamente viável para um recém habilitado garantir  sua segurança, e a proteção do seu patrimônio (incluindo de terceiros). 

Como funcionam os seguros para recém habilitados? 

Como foi dito anteriormente, para as empresas não possuem diferenças  gritantes nas categorias de serviços disponíveis, em relação ao motorista recém  habilitado e um experiente.

Visto que os pacotes são oferecidos diferenciando-se apenas na inclusão (ou não) de determinados serviços e  benefícios, a escolha depende unicamente do contratante escolhê-los. O que  irão diferenciar-se, são os valores.  

Os valores são determinados pelo perfil que o contratante e os  beneficiários incluídos na apólice possuem. O perfil é desenvolvido a partir dos  dados que são fornecidos para a empresa, sendo eles:

  • faixa etária;
  • gênero;
  • modelo do carro;
  • localização;
  • rotas que são presentes na rotina, entre outros.

Devido a isso, algumas dessas informações podem diminuir, ou aumentar, o  valor dos serviços. A faixa etária, é uma das informações que em sua maioria são capazes  de elevar em larga escala o valor da contratação dos serviços de um seguro  auto.

Principalmente pelos dados estatísticos que os jovens estão incluídos, a  recém habilitação, e a insegurança que os mesmos ainda possuem com a nova  experiência. Quanto mais chances de “ocasionar” ou “participar” de uma colisão,  acidente ou batida, mais elevado será o valor.

Entretanto, os métodos de funcionamento no geral, incluem as mesmas  regras para qualquer motorista, em qualquer situação.

O contrato é estabelecido,  os serviços só são realizados em situações de acidentes involuntários (com as  regras de trânsito respeitadas), protegendo apenas os motoristas inclusos na  apólice, e oferecendo atendimento apenas para situações, localização e  veículos, inclusos na apólice.

A mesma será determinante para os serviços  serem realizados. 

Conclusão  

É notável que é muito importante e relevante a contratação dos serviços  de um seguro auto, para jovens e motoristas recém habilitados. A insegurança  pode ser uma grande inimiga da liberdade e do usufruir completo de um veículo,  devido a isso, é um válido investimento.

Algumas empresas possuem  combos/pacotes de seguros direcionados apenas para jovens e recém  habilitados, garantindo serviços voltados para a necessidade dos mesmos, mas  que ainda seja acessível ao bolso. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *