Qual a diferença de corretora e seguradora?

O-Que-Significa-Indenização-Integral
O Que Significa Indenização Integral?
23 de outubro de 2020
mitos e verdades sobre a Revisão Automotiva
8 mitos e verdades sobre a Revisão Automotiva
5 de novembro de 2020

Qual a diferença de corretora e seguradora?

Qual-a-diferença-de-corretora-e-seguradora

Dúvidas, questionamentos e inseguranças são fatores recorrentes na mente de um motorista recém habilitado ou mesmo que investiu recentemente
em seu automóvel. Qual melhor combustível para abastecimento? Qual o melhor profissional para cuidar das manutenções do veículo? Como e quando realizar as manutenções?

E como não seria diferente, a dúvida entre contratar ou não uma seguradora e investir nessa proteção. E quando trata-se do mercado profissional, existem muitas empresas dispostas a oferecer os serviços de proteção patrimonial, no qual abordam inúmeros pacotes, combos, valores, e até mesmo variando as denominações e categorias de serviços.

Para uma pessoa no qual considera-se desinformada no assunto, pode ser uma dor de cabeça e burocracia difícil de escapar. Mas, é possível se orientar, procurar uma ajuda profissional e entender o que será melhor para sua situação, rotina e veículo.

Uma dúvida recorrente são as principais diferenças, funcionalidades e tipos de serviços que são oferecidos em seguradores e corretoras, nos quais
possuem suas semelhanças, mas são dois tipos diferentes de serviços e empresas.

Mas, é simples entender e diferenciar, e posteriormente contratar o que será mais útil de acordo com as suas necessidades. Qual a diferença de corretora e seguradora?

Primeiramente, o que é uma seguradora?

Um seguro auto, ou mesmo denominado de seguradora, é uma empresa no qual disponibiliza serviços para proteção patrimonial, neste caso, de um
veículo.

Os serviços incluem pacotes de proteção que são oferecidos de acordo com o perfil do proprietário e beneficiários, modelando os tipos de proteções e serviços indicados para a rotina, a rota percorrida diariamente, a faixa etária dos incluídos no seguro, tempo de habilitação, e em alguns casos, principal funcionalidade do veículo (trabalho, transporte, lazer, etc).

A contratação de uma seguradora é estabelecida através de um documento, denominado apólice. A apólice é semelhante a um contrato de prestação de serviços, que apresenta os deveres e direitos do consumidor e da empresa para com ambos.

Nele, são definidas as cláusulas dos serviços que são incluídos de acordo com a decisão do consumidor, fixando que apenas os serviços apresentados na apólice, sob as determinadas circunstâncias (regras) que os contratantes devem seguir. Além de claro, incluir valores e métodos
de pagamentos.

Dentre os mais populares serviços disponibilizados no mercado de seguradoras, estão Coberturas Básicas, Coberturas Integrais/Totais,
Coberturas Adicionais e Coberturas Contra Terceiros.

São coberturas que diferenciam-se na quantidade de proteções incluídas e categorias de serviços, e obviamente quanto maior a cobertura, maior o valor a ser investido.

E apenas os serviços incluídos na apólice serão prestados, só em casos do motorista estar legalmente correto, sem que seja um acidente, colisão, ou batida, gerado de maneira voluntária.

O que é uma corretora?

Uma corretora é uma categoria de serviço disponibilizada pelas empresas que visam ser um intermédio entre pessoas físicas e seus investimentos
financeiros (seja em ações, fundos, títulos, patrimônios, serviços de alto valor, entre outros).

O principal foco das corretoras são auxiliar pessoas que possuem dificuldades, inseguranças, ou mesmo preferem um serviço “terceirizado” para garantir maior qualidade assertividade no investimento.

Mas, a principal funcionalidade da uma corretora é realizar as negociações entre pessoas físicas e instituições, que em algumas categorias, são proibidas.

As mesmas funcionam apenas quando são realizadas por corretoras, devido a isso, são muito importantes e relevantes no mercado. Os serviços também podem incluir auxílio na aquisição de imóveis (casas, apartamentos, terrenos), veículos, e contratação de serviços que são de um alto
valor de investimento.

Para que sejam validadas para realizar os serviços, as corretoras necessitam de aprovação prévia do Banco Central do Brasil, e estarão sujeitas à fiscalização da B3, da CVM e do próprio Banco Central.

Posterior a isso, podem atuar no mercado e oferecer seus serviços, sempre focando o melhor método de investimento de acordo com o perfil de cliente que os procura.

Qual a diferença de corretora e seguradora?

Agora que é possível entender o método de trabalho, serviços oferecidos e atuação no mercado de ambas, é simples diferenciar uma corretora e uma
seguradora.

Ainda que as mesmas estejam interligadas e de certa forma, sejam dependentes uma da outra, possuem diferenciações simples de se entender.

Basicamente, uma corretora trabalha no intermediário entre o investidor (cliente) e a instituição, produto ou serviço no qual o mesmo pretende investir, garantindo que o investimento seja feito de maneira correta e atinja as expectativas do cliente.

Enquanto a seguradora, é um serviço que garante proteção patrimonial, neste caso, ao veículo. É possível que estejam interligadas, no caso de uma corretora indicar o serviço e realizar a contratação de um seguro para o cliente, mas no geral, possuem suas diferenças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *