O que é condutor adicional?

O-que-é-um-seguro-com-perfil-e-um-sem-perfil
O que é um seguro com perfil e um sem perfil?
25 de novembro de 2020
O-que-é-o-código-de-ética-dos-corretores
O que é o código de ética dos corretores?
11 de dezembro de 2020

O que é condutor adicional?

O-que-é-condutor-adicional

No setor do seguro auto de veículos, leis de trânsito e áreas técnicas da  área automobilística, existem alguns termos designados para determinar regras  e diretrizes. 

Termos que podem ser conhecidos, ou desconhecidos para a  maioria dos indivíduos, por se tratar de especificações no setor designado. Mas,  são termos de fácil interpretação e entendimento, uma pesquisa rápida com uma  leitura de 5 minutos é capaz de garantir total conhecimento do assunto. 

O investimento em seguros, a procura por entender e conhecer essa  categoria de serviços vem tornando-se cada vez mais evidente e possuindo um  posicionamento firme no mercado, sempre acompanhando o desenvolvimento  dos automóveis, metrópoles e capitais. 

Afinal, ambos possuem uma relação de  causa e efeito, quanto maior o investimento em novas tecnologias de veículos,  quanto maior o crescimento de uma cidade, capital ou metrópole, maior a  necessidade de possuir um gatilho emergencial, de segurança.  

E é essa a principal função que acompanha os demais serviços de uma  seguradora, o sentimento de segurança e de acolhimento, perante a uma rotina  de inseguranças, incertezas e ausência de tempo. 

Mas, para investir em um seguro, é importante conhecer esse setor, seus principais serviços, pacotes,  métodos de atendimento, termos e então decidir seu posicionamento enquanto  consumidor, e futuro cliente. Primeiramente, como funciona os serviços de  uma seguradora? 

Como funcionam os serviços de uma seguradora? 

Os serviços prestados por uma empresa de seguro possuem algumas  “regras” básicas para serem contratados, que na realidade tratam-se de métodos  para melhor qualidade e assertividade. 

Para definir a melhor categoria de  serviços, a maioria das empresas tende a criar um perfil pessoal do cliente. Esse  perfil é desenvolvido de acordo com informações referentes ao próprio cliente,  sendo: faixa etária, tempo de CNH (Carteira Nacional de Habilitação), histórico  diante das leis de trânsito, região de moradia, rota percorrida habitualmente,  entre outras informações relevantes. 

Com o perfil definido, as categorias de serviços disponibilizados pela  seguradora são oferecidos, ficando a questão do cliente definir o que será viável para ele, incluindo financeiramente. 

Cada perfil direciona para serviços e  atendimentos que serão viáveis para futuras situações que o cliente possuirá  riscos de sofrer, sendo um método de melhor qualidade em atendimento e maior  custo benefício (evita o desperdício em pagamento de outros serviços).  

Após escolher as categorias de serviço, é o momento de realizar o  contrato, também denominado de apólice. A apólice é o principal documento que  torna contrato, pagamentos, direitos do consumidor e cláusulas, válido. 

Com o  documento já validado e os pagamentos realizados de maneira correta, os  serviços já estarão disponíveis para atendimento. É importante saber que serão realizados atendimentos apenas em casos determinados na apólice, e  principalmente, involuntários. 

Termos presentes na apólice 

Como qualquer documento oficializado, a apólice possui termos que  possuem significados e interpretações referentes ao seguro, seus serviços e atendimentos. Termos que serão inclusos nas cláusulas e designam o que será  determinado no documento.

Incluindo alguns termos como: seguro  compreensivo, aditivo, agravação de risco, análise de risco, atuária, avaria,  beneficiário, entre outros. O que será retratado neste artigo será um termo  bastante evidente nas apólices, o “condutor adicional”. 

O que é condutor adicional? 

O condutor adicional é um termo presente na área de seguradoras e  automobilísticas, tratando-se então de qualquer indivíduo que vá dirigir o veículo  que está contratando o seguro, ainda que não seja o contratante. É um indivíduo  que será incluído na apólice além do próprio proprietário. 

Como por exemplo, um  cônjuge, filhos, irmãos, namorados, pais, entre outros. A maioria das  seguradoras oferecem essa categoria de atendimento, e é determinado como  uma cobertura adicional.  

O condutor adicional possui um valor adicional no total do seguro? 

Por tratar-se de uma cobertura adicional, de um serviço adicional ao que  já será prestado, o condutor adicional possui um valor a mais para ser contratado  na apólice. 

O valor que será aumentado não é fixo, ele sofre influência dos dados pessoais e informações do indivíduo que será adicionado no seguro. Por  exemplo, o valor depende da faixa etária do indivíduo, do tempo de experiência  no trânsito, rota que irá perseguir, histórico, entre outros fatores determinantes. 

É importante ter em mente que o valor pode alternar, não é oficial para  todas as empresas de seguro, e o principal fator que altera o valor é a faixa  etária, ou seja, a idade do indivíduo. 

Quanto mais jovem, maior tende a ser o  valor adicionado. Para ter um valor exato, o indicado é sempre fazer uma  avaliação com a empresa no qual será contratada. 

Mesmo com o valor adicional, compensa incluir um condutor adicional na  apólice? 

Não existe uma resposta correta ou incorreta, tudo depende de uma  avaliação da situação no qual o cliente e seus beneficiários se encaixam. Para  determinar se o valor que será adicionado compensará o investimento, é  importante pensar na própria situação. 

Questionar-se com perguntas como: O  condutor adicional irá dirigir o veículo constantemente? O condutor  adicional possui um histórico de colisões, acidentes e batidas? O condutor  adicional é recém habilitado? O valor adicional compensa o risco que terá  (ou não terá)? 

O condutor adicional deve ser um serviço obrigatório? 

Como previsto nos Direitos dos Consumidores, nenhum serviço  adicional deve ser cobrado de forma obrigatória para os clientes. Deve ser uma  possibilidade disponibilizada, com valores adicionais e serviços adicionais. 

É  contra a lei empresas que oferecem descontos e promoções previstas com  chantagens e pressão para contratar o serviço. O mesmo deve ser contratado por escolha própria do consumidor, a escolha final é sempre dele e deve ser de  acordo com as necessidades e possibilidades do consumidor. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *