Se arrumar o carro numa oficina referenciada, perco a garantia de fábrica?

O-que-é-necessário-para-realizar-a-vistoria-do-meu-veículo-após-a-batida
O que é necessário para realizar a vistoria do meu veículo após a batida?
4 de fevereiro de 2021
Para consertar o veículo do terceiro, há o pagamento da franquia
Para consertar o veículo do terceiro, há o pagamento da franquia?
18 de fevereiro de 2021

Se arrumar o carro numa oficina referenciada, perco a garantia de fábrica?

Se-arrumar-o-carro-numa-oficina-referenciada-perco-a-garantia-de-fábrica

Em qualquer investimento, o contrato de serviços de uma seguradora tende a possuir suas burocracias, compromissos, responsabilidades, direitos e deveres de ambas as partes, ou seja, do cliente contratante, e da empresa que está fornecendo o seguro ou mesmo da fornece a venda dos veículos. 

Para isso, tudo é estabelecido e informado pela equipe de profissionais da empresa, e assim formalizado nos termos de garantia e contrato, os principais documentos que oficializam e garantem as responsabilidades das partes. A base de todas as obrigações das partes está nesse documento.  

Devido a isso, é de extrema importância para o contratante dos serviços, estar ciente de todas suas responsabilidades e compromissos, principalmente  em questões nas quais o mesmo irá receber indenizações, serviços de oficinas,  peças e qualquer benefício fornecido pela empresa de seguros. 

Para recebê-los, é necessário estar corretamente inserido nas obrigações que foram  estabelecidas na apólice, pois, a mesma garante o direito da seguradora de  reforçar suas regras. 

Assim como as garantias estabelecidas pela fábrica no qual foi adquirida  a compra do veículo. Os direitos são fornecidos com as regras definidas pela  fábrica, que os fornecem apenas com as responsabilidades do comprador  definidas. 

A garantia sob o conserto de veículos, peças, acessórios e descontos, são determinadas nos termos de garantia no contrato da compra, possuindo seu 

tempo de validação e regras. Principalmente, as regras em relação à garantia  de conserto fornecida pela fábrica.  

O que é a garantia de fábrica do veículo? 

A garantia é um benefício oferecido pela fábrica que determina um tempo estabelecido de acordo com as suas diretrizes, para que em qualquer  emergência que cause um prejuízo no veículo, ou mesmo que tenha algum defeito advindo da fabricação, o consumidor não tenha gastos, os mesmos serão resolvidos sem custo para o proprietário. 

Mas, para que a garantia seja utilizada, é necessário que as “regras” nos termos de garantia sejam respeitadas pelo  consumidor.

Existem dois tipos de garantia, a que é responsabilidade da fábrica por lei referente aos Direitos do Consumidor, e a que é fornecida pela própria fábrica,  no qual podem ter variações de tempo de garantia, serviços oferecidos,  situações no qual são fornecidas, peças que podem estar inseridas na garantia,  entre outras questões. 

Para isso, é interessante atentar-se em todos esses  quesitos caso um determinado tipo de garantia seja sua prioridade. Essas  informações são disponibilizadas no momento da compra do veículo e  oficializadas em documentos. 

Os tipos de garantia que são estabelecidos para os veículos 

Primeiramente existe a garantia legal, que é uma garantia obrigatória para  qualquer setor que vende produtos para um consumidor. Os Direitos do  Consumidor e o Procon, protegem esse e outros direitos em relação ao produto  adquirido. 

Para produtos de consumo não duráveis (como por exemplo alimentos), o prazo de garantia para reclamação, troca ou reembolso é de no  máximo 30 dias. 

Para produtos de consumo duráveis (eletrodomésticos, tecnologias, etc) o prazo é de 90 dias, neste caso, incluindo também veículos. 

Um outro tipo de garantia, que neste caso é trabalhada neste artigo, é a  garantia que a fábrica do próprio veículo fornece ao consumidor. 

Após a  popularização desse feito, cada vez mais os benefícios e tempo estendido de  garantia vão tornando-se uma estratégia para conquistar e fidelizar clientes. 

O  tempo fornecido para a garantia e também o que estará incluso na mesma,  podem variar de uma empresa para outra, que em média, podem chegar a 5  anos de garantia, podendo incluir os 3 meses fornecidos pela lei. 

Tudo deve ser explicado e também entregue os termos de garantia, juntamente com a  nota fiscal. 

Se arrumar o carro numa oficina referenciada, perco a garantia de fábrica?

Uma das questões que mais complicam a relação do consumidor para com a garantia que lhe foi estabelecida, é a questão da oficina no qual o conserto  será realizado, em caso de um sinistro. 

A questão “se eu arrumar o carro em  oficina referenciada, perco a garantia de fábrica?” é uma das mais requisitadas. E a resposta é objetiva. 

É indicado que durante o período da garantia, o veículo não seja consertado em uma oficina referenciada (oficinas que estão em parcerias com as seguradoras), pois, a fábrica já possui suas oficinas de confiança para que os consertos de seus veículos sejam realizados. 

Com isso, é importante estar ciente do período da garantia e certificar-se que o conserto será realizado de acordo com as regras da fábrica do veículo, caso contrário, todo o gasto deverá ser pago pelo próprio proprietário. 

São regras que são estabelecidas desde o momento da compra, e devem ser respeitadas por ambas as partes. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *